Seu ano começa depois do Carnaval?

Seu ano começa depois do Carnaval?

Você é uma das pessoas que acredita que o seu ano começa somente após o Carnaval? Se a sua resposta for sim, lamento dizer que você já está no MÍNIMO 40 dias pra trás das pessoas que são realizadoras. Em uma era baseada em conhecimento e ação contínuas, perder 1/9 do ano em atividades supérfluas esperando uma data comemorativa passar para iniciar a ação que você precisa, é pedir para ficar para trás pela concorrência! Pessoas que crescem na vida começaram 2016 não agora…mas em 2015! Continue lendo

Você é a média das cinco pessoas com quem…

Você é a média das cinco pessoas com quem…

Você é a média das cinco pessoas com quem…VOCÊ PASSA MAIS TEMPO! Essa frase é do célebre Jim Rohn, e essa frase se transformou em um verdadeiro divisor de águas na minha vida.  Após lê-la comecei a observar o meu círculo de amizades e percebi que a minha média pessoal estava de fato próxima a média deles…o problema é que uma parte deles não tinham uma média muito boa! Com isso pensei em estratégias para melhorar a minha média, mas ao mesmo tempo não abandonar Continue lendo

2016: O Ano do Chega!

2016: O Ano do Chega!

Normalmente as pessoas nessa época do ano costumam vir te desejando Feliz Ano Novo, muita saúde, paz, prosperidade, alegrias, etc, etc, etc. Eu vou fazer diferente, ao invés de te desejar um Feliz Ano Novo eu vim para te desejar que você diga muito a palavra chega (!!!) nesse ano de 2016 (acredite, o que estou te desejando é o mesmo que um excelente Ano Novo).  Nesse ano decidi dizer chega para: – Uma vida mediana, abaixo das suas possibilidades – Relacionamentos que não são positivos – Continue lendo

Autorresponsabilidade

Autorresponsabilidade

Você já parou para pensar o quanto você é de fato responsável pela sua vida? Em uma escala de zero a dez, o quanto você se sente responsável por tudo o que te acontece? Será que você é daquelas pessoas que costumam culpar os pais, o chefe, a mulher, o governo, a crise e outros motivos externos pelas coisas que te acontecem? Ou você, independente daquilo que te acontece, bate no peito e se responsabiliza por qualquer evento que ocorra no seu dia-a-dia? Saber onde Continue lendo